fbpx

Você é um BAIXISTA PULADOR DE ETAPAS?

E aí Baixista! blz? Espero que sim!

Algo que tenho estudado dia após dia é como o conhecimento se consolida para os seres humanos. Já é provado que os nossos resultados estão pautados nos nossos hábitos, logo, temos que cuidar dos nossos hábitos e avaliar se eles estão nos levando a resultados interessantes ou não.

Um hábito muito comum nos estudantes de contrabaixo é o famoso “PULAR ETAPAS”. Muitos baixistas pegam um assunto, praticam um pouquinho e já saem em busca de um novo assunto. Este hábito de “PULAR ETAPAS” tem deixado muitos estudantes apenas no superficial.

Sim. O hábito de pular etapas, ou como diz o ditado popular, pular de galho em galho, tem prejudicado muito o resultado dos estudantes do contrabaixo. Já foi provado que a melhor maneira de realmente conhecer e dominar um assunto, seja ele qualquer, é entrar de cabeça e extrair o máximo que ele pode nos oferecer.

E você? é um PULADOR DE ETAPAS?

Quer aprender uma escala menor melódica sem antes conseguir tocar uma escala maior no braço todo e conhecer tudo que ela pode lhe oferecer?

Quer aprender um lick maravilhoso sem antes conseguir improvisar em uma harmonia com 2 acordes?

Quer fazer aquele riff de slap top sem antes conseguir acompanhar um cantor numa música de 4 acordes?

Entende o que estou falando? Não é um caminho seguro pular etapas. É preciso inteligência nessa hora. É preciso um plano seguro para então, evoluir como baixista.

Lembre-se: os hábitos determinam os seu resultados!

Você quer os resultados de um PULADOR DE ETAPAS e ficar sempre no superficial, na insegurança, na média ou prefere ser um baixista inteligente que resolve os assuntos mais importantes primeiros e cresce de um modo sólido, seguro e musical?

A boa notícia é que esta decisão sempre esteve e sempre estará nas suas mãos, portanto, não jogue fora esse poder.

Você hoje mesmo fazer boas escolhas. Você pode fazer uma auto avaliação e ver no que precisa evoluir. Você pode escolher um assunto e se aprofundar nele.

Tenha coragem e use o dia de hoje pra fazer boas escolhas.

Continue firme!

Abraços,

Raphael du Valle

Baixista, criador do ToqueMaisBaixo e empreendedor musical.

    5 Comentários

  1. Creio sem dúvida que esse é um dos meus problemas, apesar de que na minha região tenho destaque e reconhecimento de ser um grande baixista, mas tenho os pés no chão que preciso me aprofundar e melhorar em muitos fundamentos, curto muito suas matérias e quero ser um aluno e me tornar verdadeiro grande baixista…sem pular etapas….

    • Admin bar avatar
      Raphael du Valle
      maio 23, 2019

      Opa! Legal Evandro! Conte comigo nessa jornada amigo!

  2. José Nilton Salustriano Cardoso
    maio 21, 2019

    Ótimo artigo, já fui assim por muito tempo e só perdi com isso, não aprendi com profundidades perdi algo precioso que não volta mais,o tempo.Mas agora estou me encontrando,com seu método profissionalismo e humildade no ensinar.Tive a coragem de voltar do zero e tentar fazer o certo dessa vez.Ja está sendo muito bom para mim,porque não me sinto enganado por professores que só pensam no vil metal e nem por mim mesmo por achar que posso aprender tudo sozinho.Vc resgatou tenho a certeza de não só em mim mas em muitos aprendizes a vontade de aprender.A você o meu muito obrigado.

    • Admin bar avatar
      Raphael du Valle
      maio 22, 2019

      Gratidão pelas palavras José! Tamo junto querido!

  3. Admin bar avatar
    LEO
    maio 21, 2019

    Gostei muito do artigo Professor! Parabéns. Muito boa a dica. Estou muito feliz de estar crescendo com vcs.. acredito que com vcs, vou chegar lá!

    um abraço do povo aqui do Distrito Federal!

Dúvidas? Deixe uma pergunta para o professor!