fbpx

ROTINA DE ESTUDOS – Pare de perder TEMPO e vá direto ao ponto!

Fala Baixista! Blz? Mais um artigo aqui no nosso blog!

Vou começar com algumas perguntas importantes:

Você tem se dedicado aos estudos? Quanto tempo consegue sentar com o contrabaixo? Quando senta pra estudar, sabe o que fazer? Quando se depara com um assunto, consegue ir a fundo? E as distrações, te perseguem?

Poderia fazer inúmeras perguntas, porém, com essas já tenho bastante material para trabalhar com vocês.

O grande vilão no que diz respeito aos estudos do contrabaixo é a FALTA DE DIRECIONAMENTO. Não ter isso claro pode lhe causar grandes danos. Se você não sabe qual assunto precisa trabalhar, dificilmente conseguirá aproveitar melhor o seu tempo. Não tem escapatória! É preciso realmente saber o que fazer com o instrumento quando sentar para estudar.

Qual a grande queixa da maioria das pessoas hoje em dia? é a FALTA DE TEMPO!

O nosso bem mais precioso escorre pelas mãos, pelos dias, pelas semanas, meses etc. Sim! O tempo é um bem precioso e quando ele passa, jamais conseguiremos recuperá-lo.

Diante desse fato concreto, mais do que nunca, precisamos usá-lo com sabedoria e eficácia.

Vamos aprender como fazer isso?

Veja abaixo alguns passos para organizar sua rotina de estudos e aproveitar melhor seu precioso tempo:

OBJETIVO DEFINIDO

Antes de sentar com o instrumento, tenha um objetivo definido. Exemplo: vou estudar hoje grooves! Simples assim. Você já senta com isso em mente. Quando você se organiza dessa forma, as chances de êxitos são bem maiores.

Do contrário você sentaria e ficaria apenas tocando assuntos diversos e aquela hora passaria sem que você atingisse resultados sólidos.

DEFININDO OS ASSUNTOS

E como você escolhe os assuntos para estudar? Você escolher de várias formas. O que eu mais gosta é a famosa LISTA DE CONHECIMENTOS. Vou explicar: você faz lista com todos os assuntos que já conhece. Coloque tudo na lista sem preconceitos.

Veja abaixo um exemplo de LISTA DE CONHECIMENTOS:

– Tríades Maiores

– Modos Gregos

– Cromatismos

– Escala Dom Dim

– Pentatônica Menor

Suponhamos que os assuntos sejam esses!

Agora, como saber se você realmente domina esses assuntos e principalmente como definir se você precisa colocá-los na sua rotina de estudos ou não?

Simples! Responda a essas 3 perguntas e com base nas respostas você saberá se precisa ou não colocar na sua rotinas de estudos.

Pergunta 1 – Você consegue tocar esse assunto em todo o braço do instrumento?

Pergunta 2 – Você consegue transformar esse assunto em música? (tocar isso com musicalidade)

Pergunta 3 – Você consegue aplicá-lo tranquilamente com sua banda ou grupo musical?

Interessante não é? Não menospreze essas perguntas! Elas podem definir o seu rumo como baixista. Quanto mais sincero você for contigo mesmo, mais profundamente entenderá dos assuntos.

UM ASSUNTO POR VEZ

Outro ponto importante é escolher menos assuntos e se aprofundar em todos os sentidos. Você precisa pegar cada assunto e conseguir aplicar em situações práticas, com musicalidade, segurança e principalmente, sabendo o que está fazendo.

Fuja da ideia do mais ou menos. Da média. Vá a fundo em cada fundamento e com certeza os resultados serão brilhantes.

O SEU TEMPO VALE OURO

Viu só? Tenho certeza que com essas dicas, estarás aproveitando muito mais o seu valioso tempo. Experimente colocar essas ideias em prática e não tenho dúvidas que, além de atingir um outro nível como baixista, de quebra, seu tempo será usado com mais sabedoria.

E aí? Curtiu?

Coloque em prática e depois me diga nos comentários se deu resultados.

Tamo junto e até a próxima!

Abração,

Raphael du Valle

Baixista, criador do ToqueMaisBaixo e empreendedor musical.

Dúvidas? Deixe uma pergunta para o professor!